Dor de dente, o que está causando a sua?

Atendimento por Whatsapp

Muita gente ainda tenta fugir do dentista por receio da dor. Acontece que o resultado de postergar as visitas ao profissional pode justamente causar dores incontornáveis e dias de sofrimento, dependendo do nível do problema gerado.

Embora comum, a dor de dente não deve ser negligenciada. É diferente de uma dor de cabeça, por exemplo. No caso do dente, você sempre precisa procurar um profissional que possa investigar o que está acontecendo.

Nem sempre a dor é provocada por um dente estragado. As razões podem ser diversas, mas, via de regra, o desconforto vem de uma inflamação na polpa do dente, conhecida como canal. Ela fica depois do esmalte e da dentina e é formada por uma série de vasos sanguíneos, nervos e tecido conjuntivo.

A cárie

A dor, portanto, é causada por um elemento agressor que, de alguma forma, atinge o nervo do dente. O mais conhecido deles é a cárie, que provoca a desmineralização do dente e permite a entrada de bactérias que, quanto mais próximas do nervo estiverem, mais dor irão causar.

A bactéria chamada Streptococcus mutans é uma das principais causadoras de problemas através das cáries. Ela pode ser transmitida no contato próximo, como, por exemplo, ao dividir talheres.

Mas o principal motivo para o surgimento de cáries ainda é a falta de higiene bucal, sobretudo quando associada ao consumo excessivo de alimentos ricos em açúcar, que são facilitadores para a propagação de bactérias nos dentes.

Sintomas de cárie

Apesar de a dor ser o principal sintoma de cárie, alguns outros sinais podem indicar que você está com este problema:

 

  • A dor é intensificada ao comer ou beber algo frio, quente ou doce;
  • É identificada a presença de pequenos furos nos dentes;
  • Há manchas brancas ou marrons na superfície do dente;
  • Ao tocar no dente, há sensibilidade.

Doenças periodontais

Outra coisa que pode estar causando a sua dor são as doenças periodontais. Elas provocam uma inflamação na gengiva, causando sangramento e uma cor avermelhada. No estágio de periodontite, acontece uma reabsorção do osso e surge um espaço entre o dente e o osso (bolsa periodontal).

Essa perda óssea faz com que haja contaminação da polpa, causando infecção e dor acentuada. Na verdade, ainda antes de chegar à polpa pode haver abcessos periodontais e dor, porque na gengiva se forma um pus que acaba não tendo por onde sair.

Como já falamos, as causas para a dor no dente podem ser muitas. Você pode estar, por exemplo, com uma retração gengival: as gengivas se retraem expondo a raiz do dente e provocando dor no contato com algo gelado ou mesmo com a entrada de ar na boca; ou, ainda, com um trauma dentário – quando a pessoa bate o dente e apenas meses depois a polpa é atingida.

Seja qual for o caso, é crucial buscar o auxílio de um profissional. Entre em contato conosco e marque uma consulta o mais breve possível para acabar com a dor que você está sentindo.

Preencha seus dados e prossiga x