Aprenda a manter a higienização da sua escova de dentes

Atendimento por Whatsapp

Saiba como deixar sua escova livre de bactérias

 

escova-dental_clinodente

 

É fundamental cuidar da higienização da sua escova de dente. Com algumas dicas é possível que o acessório fique livre de bactérias e possa ser usado diariamente.

Veja abaixo os principais cuidados com a sua escova dental e saiba quando é preciso substituir.

Como cuidar da escova de dente

Para preservar a sua escova dental e a sua saúde é preciso deixar secar entre um uso ou outro. A escova pode apresentar germes, fungos e bactérias e com o tempo essas bactérias podem multiplicar-se.

O correto é depois de usar a escova, agitar em água corrente e guardar em pé, para que a mesma possa secar.

Além disso, para que o vírus da gripe e resfriado não se propaguem, não encoste em outras escovas quando for guardar. O indicado é usar um porta-escovas tradicional com fendas para que a escova de dente fique em pé e separada das outras. Saiba mais.

Quando trocar a escova dental?

A indicação dos dentistas o ideal é trocar a escova dental a cada três meses ou quando as cerdas estiverem deformadas.

Em estudos, foi apresentado que após três meses de uso normal, as escovas não são mais eficientes na remoção da placa dos dentes e gengivas se comparada com escovas novas.

Inclusive as cerdas deformam e perdem a eficiência para a limpeza.  Mas depois de um resfriado, gripe, infecção na boca ou dor de garganta também é preciso trocar a escova, pois os germes alojam nas cerdas e causam a reinfecção. Entretanto, mesmo que você não esteja doente é possível que fungos e bactérias desenvolvam nas cerdas da sua escova.

Cuidado com a escova em viagem

Ao viajar a escova de dente precisa ser colocada em uma caixa plástica para evitar ficar espremida ou achatada. Depois da escovação não se esqueça de deixar a escova secar para diminuir a proliferação de germes.

Para tirar outras dúvidas deixe nos comentários ou agende uma avaliação.

Preencha seus dados e prossiga x