Por que às vezes os dentes doem quando tomamos algo gelado?

Atendimento por Whatsapp

Seus dentes doem quando você bebe algo muito gelado? Aquela aguinha refrescante, um bom sorvete ou picolé, um suquinho de laranja… não é incomum que as pessoas sintam esse tipo de dor. Para alguns, é normal; para outros, a sensibilidade pode indicar que algo está errado.

A razão para isso é que a temperatura baixa do que bebemos atinge a polpa do dente, onde ficam as terminações nervosas. Em razão disso, o sistema nervoso central emite um alerta para sinalizar que algo está errado, e é isso que causa a dor.

A sensibilidade também pode ocorrer quando existe a chamada retração gengival. É quando o tecido da gengiva fica mais baixo em relação ao dente, deixando a raiz dentária exposta.

Esse tipo de situação pode ser causado por uma série de motivos, e o tratamento vai depender da causa do problema. Por isso, se esse for o seu caso, procure um dentista que possa indicar a você como lidar com a questão.

O que mais pode estar provocando a sensibilidade?

Os seus dentes podem doer quando você ingere algo muito gelado por uma série de motivos. Além da temperatura extremamente baixa da bebida ou da retração gengival, há algumas questões que podem estar prejudicando a sua saúde bucal e levando a um quadro de sensibilidade e dor.

Abaixo, confira alguns:

Alimentos muito ácidos

Existem alguns itens da nossa alimentação que são grandes fontes de ácidos, como refrigerante, laranja e outros frutas cítricas. Se você sentir necessidade de escovar os dentes imediatamente após a ingestão, primeiro faça um bochecho para aplacar a acidez.


A pressa durante a escovação

O item anterior introduz este. É porque os ácidos presentes na boca depois que fazemos nossas refeições reagem com a pasta de dente e acabam corroendo o esmalte. Por causa disso, o indicado é que você aguarde até 30 minutos após comer para fazer a escovação.

Problemas estomacais

Caso você tenha problemas estomacais, como refluxo, os ácidos do seu estômago voltam para a boca, e o esmalte dos dentes é sensível a esse tipo de substância. É preciso tratar o problema.


A escovação

Utilize a escova correta, indicada pelo seu dentista para o seu caso, e tenha cuidado ao fazer a escovação. Nada de empenhar força excessiva. Isso pode acabar prejudicando a proteção dentária natural de seus dentes.


A pasta de dente também faz diferença

O uso de pastas de dente muito abrasivas, do tipo que promete milagres em termos de clareamento, também acabam desgastando as defesas bucais.

Pergunte ao seu dentista qual o tipo mais indicado para você.

Fora isso, apenas um espcialista é capaz de dizer qual o seu problema. Às vezes, o simples uso de uma pasta de dente diferente já resolve o problema. Noutras, você pode estar sofrendo com uma doença séria e que exige tratamento urgente.

Não postergue a visita ao dentista. Ela é fundamental para a sua saúde!

Preencha seus dados e prossiga x