Quantas vezes ao dia devo escovar os dentes?

Atendimento por Whatsapp

Não tem jeito: manter a escovação em dia é a melhor forma de garantir sua saúde bucal boas condições estéticas. Ela previne e reduz a cárie, a gengivite, o tártaro, a halitose, a placa bacteriana, a remineralização dos dentes e todas as outras doenças bucais e periodontais. Mas você sabe quantas vezes exatamente deve escovar os dentes durante o
dia? Existe um número correto?

A higiene bucal é um hábito que você leva consigo desde sempre, e por isso acaba não pensando muito sobre isso no dia a dia. Mas a quantidade de vezes que você faz a escovação pode influenciar muito na sua saúde.

Para descobrir como, continue lendo.

Qual a recomendação dos dentistas?

Os profissionais dentistas recomendam, de modo geral, que seus pacientes façam a escovação três vezes durante o dia: depois do café da manhã, do almoço e, sobretudo, do jantar.

Mas essa é indicação básica, e os cuidados com sua saúde bucal devem ser levados muito mais a sério. Além da quantidade correta de vezes, a escovação deve ser feita com eficácia. Isso envolve escovar muito bem entre os dentes (além de lançar mão do fio dental) e nas gengivas. É um momento que, preferencialmente, deve ser feito sem pressa, com cuidado ao fazer pequenos movimentos circulares. A duração média? Cerca de dois minutos.

Uma rotina assim será capaz de impedir inflamações e placas bacterianas. É importante porque muitas doenças bucais são silenciosas e, às vezes, não sentimos nada até já estar em estágio avançado, quando a dor chega e uma intervenção pode ser mais complicada, dolorosa e invasiva.

Os aliados

Higiene bucal não é feita só com escova e pasta de dente. O fio dental é obrigatório para todos. Só ele poderá alcançar áreas em que a escova não chega e prevenir o aparecimento de doenças gengivais e das temidas cáries. A indicação ideal é que o fio dental acompanhe todas as escovações feitas ao longo do dia.

Outro aliado de peso é o enxaguante bucal, que precisa ser utilizado de acordo com a orientação do seu dentista. Isso porque o uso não orientado pode levar à descompensação da flora bucal e acabar por eliminar também as bactérias que são benéficas ao organismo, deixando você suscetível a infecções.


Escovar muito pode fazer mal?

Quem segue dietas como aquelas que indicam alimentação de três em horas acaba escovando com maior frequência. Isso em si não é um problema, pelo contrário. O que pode fazer mal aos dentes é a escovação errada, feita às pressas e com força excessiva. O tipo de escova utilizado também pode agredir os dentes e levar a problemas bucais.

A escovação precisa ser feita diariamente e com cuidado, pelo menos após as suas refeições. Já os detalhes a respeito da sua rotina exclusiva, o mais indicado para o seu caso, bem como as orientações sobre a utilização do flúor, só um profissional dentista poderá oferecer.

Marque sua consulta e não esqueça de tirar todas as suas dúvidas. É melhor uma visita ao dentista para isso do que para tratar doenças que vieram como consequência de uma rotina inexata, certo?!

Preencha seus dados e prossiga x