Quantas vezes se deve ir ao dentista por ano?

Atendimento por Whatsapp

Em 2018, quantas vezes você foi ao dentista? É preciso lembrar que as visitas ao consultório são necessárias mesmo que não tenhamos nenhum problema aparente. Se você ainda não segue isso, já coloque como resolução para este novo ano: manter essa frequência é determinante para garantir um sorriso bonito e manter a saúde bucal.

Mas sempre que se fala nisso, aparece a dúvida sobre a quantidade de vezes que devemos visitar o dentista por ano. De forma geral, a orientação de especialistas é para que seja marcada uma consulta de avaliação por semestre. Esse período é indicado para que seja possível evitar o aparecimento de cáries e também para ficar de olho no possível surgimento de outras doenças.

Duas vezes por ano também é uma quantidade adequada para que o dentista possa investigar se existe o acúmulo de cálculo que, se surgir e não for tratado, pode levar à inflamações na gengiva ou até atingir o tecido ósseo. Isso irá provocar a reabsorção do tecido, que pode comprometer a mobilidade nos dentes.

E não existe outra forma de prevenir esse tipo de ocorrência que não por meio de exames clínicos e radiográficos realizados periodicamente. Apenas assim é possível avaliar lesões causadas por cáries, analisar a estrutura óssea e raízes dentárias. São fatores determinantes para garantir a saúde bucal e que só conseguem ser validados por meio de exames de rotina.

Exceções devem receber atenção especial

Pessoas que possuem um histórico de problemas envolvendo os tecidos periodontais devem dar mais atenção a esse assunto. Nesses casos, é necessário que sejam feitas limpezas especiais mais vezes ao ano. Tudo depende muito de cada situação, que envolve também a higienização feita em casa e que merece uma avaliação profissional.

Outra questão que deve ser levada em consideração é a das pessoas que possuem maior  predisposição a ter cáries – sim, isso existe. Se você tem a sensação de que está sempre com algum problema bucal, pode ser o seu caso. Nessas situações, o dentista precisa avaliar se existem infiltrações em restaurações existente e a possível ocorrência de novas cáries. Pode ser indicada pelo especialista uma terapia com flúor, que irá prevenir o surgimento de novas lesões. Por isso, é aconselhado que as visitas ao dentista sejam mais frequentes ao longo do ano.
Quem estiver em tratamento ortodôntico também precisa elevar a frequência das consultas anuais. O indicado é que elas sejam feitas entre períodos de 20 a 30 dias. Nesses momentos é feita a manutenção do aparelho, bem como sua profilaxia e troca das borrachinhas e braquetes, por exemplo.

E as crianças?

A orientação em relação às crianças é de que as consultas ao consultório do dentista sejam feitas de acordo com cada caso específico. Isso porque depende muito dos hábitos de higiene e alimentação de cada criança. As que consomem muito açúcar, por exemplo, precisam realizar uma consulta de avaliação a cada, no mínimo, quatro meses.  

Ficou em dúvida sobre quantas consultas você precisa fazer ao ano? Marque uma avaliação com um de nossos profissionais e receba a orientação ideal para o seu caso.

 

Preencha seus dados e prossiga x